SEJA TUDO PARA A EDIFICAÇÃO: JUVENTUDE SEDE INTERNACIONAL E CANOAS-LESTE REÚNEM-SE EM UM DIA DE CONSAGRAÇÃO A DEUS

SEJA TUDO PARA A EDIFICAÇÃO: JUVENTUDE SEDE INTERNACIONAL E CANOAS-LESTE REÚNEM-SE EM UM DIA DE CONSAGRAÇÃO A DEUS

“Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor.” (Salmos 122.1 ARA). Como o salmista, os jovens, hoje, alegram-se por estar nos átrios do Senhor. No domingo, 22 de agosto, foi um desses alegres dias em que a Juventude do Ministério Restauração da Sede Internacional e da Área Canoas-Leste – acompanhada por seus respectivos líderes, Pb. Bruno Beltrame e Dc. Marcos Jr. – pôde aproveitar algumas horas na presença de Deus.

Logo pela manhã, o Templo Sede do Ministério Restauração enchia-se de jovens. A programação para aquele dia: jejum, oração, culto em espanhol e estudo bíblico durante o dia e participação no culto à noite. Às 9h, iniciou-se um período de oração. Contato estreito e direto com Deus. Após, deu-se início ao culto em espanhol – realizado no terceiro domingo de cada mês. Cerca de 150 jovens, junto aos demais irmãos, ouviram acerca do chamado missionário, cantaram louvores e adoraram o nome do Senhor – tudo em espanhol! Também nesse idioma, o Pb. Bruno Beltrame e o irmão Flavio Azevedo compartilharam uma reflexão bíblica acerca da necessidade de buscarmos a orientação divina para a tomada de quaisquer decisões. A Palavra nos mostra, pelos fatos descritos no livro de Josué, no capítulo 9, que o líder do povo de Israel, por não buscar a Deus a respeito do que lhe apresentavam, foi enganado por seus vizinhos, os gibeonitas. Ficou o alerta à Juventude: não podemos nos deixar levar pela aparência; devemos nos voltar ao Senhor e buscar a Sua direção.

Já à tarde, passados alguns momentos de dedicação à oração e de ensaio do coral formado pela Juventude das áreas presentes, ocorreu a ministração do Pr. Humberto S. Vieira. Foi uma aula especial do Curso de Noivos, que está em andamento na Sede do Ministério. Na ocasião, foram abordados os diferentes temperamentos, reconhecidos, comumente, entre 4. São eles: sanguíneo, colérico, fleumático e melancólico. Tendo sido explicadas as características de cada temperamento, ficaram claros os pontos positivos e negativos de cada um deles. O objetivo foi levar o jovem a compreender um ao outro – e, no que se refere ao casamento, compreender o (futuro) cônjuge – e, principalmente, a auxiliá-lo a reconhecer a necessidade da ação do Espírito Santo sobre o seu temperamento, o que pode conduzi-lo ao equilíbrio naquilo que forma o seu caráter. Cabe lembrar: temperamento não é desculpa para justificar falhas de comportamento! 

O ambiente estava tão agradável que as horas “passaram voando”. Ao fim da ministração do Pr. Humberto, a Juventude tinha alguns minutos para encerrar o jejum e se preparar para o culto da noite. Vapt-vupt… e todos retornaram ao templo. Agora, pense: após um dia na presença de Deus, tamanho era o domínio do Espírito Santo sobre aquele ambiente  – a Glória de Deus preenchia o lugar. Por intermédio da adoração, dos louvores entoados pelo coral, das leituras bíblicas e das ministrações, Ele se manifestava e se fazia ouvir. O tema do culto era “Avivamento e Salvação”, e a mensagem principal, transmitida pelo Dc. Marcos Jr., tratou dos relatos descritos no livro do profeta Habacuque. Esse profeta demonstra que o verdadeiro avivamento é aquele que produz arrependimento, homens e mulheres de oração e devoção a Deus. No encerrar da mensagem, a Juventude, os demais irmãos e irmãs e alguns visitantes, convencidos pelo Espírito Santo e com os corações quebrantados, clamavam a Deus por avivamento.

A vontade era de permanecer no templo… Mas, já tarde, era hora de retornarem a suas casas. Gratos pela unidade entre a Juventude de diferentes regiões do Ministérios, os jovens voltaram aos seus lares fortalecidos. O dia cansativo (fisicamente) não podia tê-los dado maior ânimo (espiritual). Cumpriu-se a Palavra: “Que fazer, pois, irmãos? Quando vos reunis, um tem salmo, outro, doutrina, este traz revelação, aquele, outra língua, e ainda outro, interpretação. Seja tudo feito para edificação.” (1Coríntios 14.26 – grifo nosso). 

.

Texto: Secretaria de Comunicação da Juventude Sede Internacional
Edição: Assessoria de Comunicação – ASSCOM

About The Author

Related posts

X