SUPERINTENDÊNCIA DA UF REALIZA VIAGEM MISSIONÁRIA A PORTUGAL

SUPERINTENDÊNCIA DA UF REALIZA VIAGEM MISSIONÁRIA A PORTUGAL

A Superintendência da União Feminina realizou, de 22 de fevereiro a 05 de março, a primeira viagem missionária de 2018.

Dessa vez, uma equipe de sete irmãs seguiu para o Continente Europeu, mais precisamente, para Portugal. No período, as irmãs realizaram duas Escolas da Mulher Obreira (EMOBs) e cooperaram com a igreja local orando, cantando, tocando e pregando em mais nove reuniões.

Nas EMOBs, realizadas em Lisboa e Grândola, as participantes se demonstraram sedentas da Palavra, ouvindo atentas, externando suas dúvidas e enriquecendo as aulas com seus testemunhos. Nos cultos, não foi diferente. Das crianças aos mais velhos, todos queriam receber os ensinamentos da Palavra de Deus.

O grupo era composto por casadas, solteiras, viúva, criança, jovem, adultas e idosas. Como as mulheres que estavam ao pé da cruz, as irmãs que participaram dessa viagem tinham as mais diferentes origens, cada uma com suas dificuldades específicas, mas todas com o mesmo sentimento: servir a Deus, honrar a Sua Palavra.

Todas sabiam que o desafio era grande demais para suas poucas forças, mas a fé estava em um Deus que remove grandes pedras.

Desde antes da saída do Brasil, adversidades que colocaram as irmãs em experiências com a obra missionária surgiram: agilizar documentação e recursos financeiros em um curto espaço de tempo, conciliar a viagem e bem-estar da família, organizar agenda de trabalho… Tudo serviu para que cada uma dependesse de Deus.

Iniciada a viagem, tiveram que enfrentar desafios que iam de coisas simples, como a compra de uma garrafa de água mineral em aeroporto estrangeiro, a encontrar, com um curto espaço de tempo disponível, o portão de embarque em terminais onde a distância entre os portões era de 30 minutos de caminhada em passadas rápidas.

Outra barreira foi o clima. Na conexão realizada em Madrid, o termômetro marcava -6 °C e as irmãs vestiam apenas a camiseta da UF e casacos leves, mas o Senhor as guardou e não houve uma que adoecesse.

A Irª Maria Schimitt Vieira era a prova de que Deus dá força ao Seu povo para fazer a Sua obra. Aos 82 anos, se dispôs a ajudar a obra missionária com a própria vida e pôde experimentar o que o profeta Isaías escreveu: “Ele dá força ao cansado, e aumenta as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os mancebos cairão, mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças; subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; andarão, e não se fatigarão.”

As jovens não caíram porque também estavam sustentadas por Jesus, mas por algumas vezes o fôlego de nossa anciã foi além da capacidade natural das moças!

Precisamos nos dispor para Deus! É dele que nos vem a capacidade. Tudo podemos naquele que nos fortalece!

Ore, jejue, santifique-se, entregue-se. De Jerusalém aos confins da terra, Jesus conta conosco.

Todas as atividades em Portugal foram coordenadas pelo Pr. João César de Mattos, encarregado da IPAD Ministério Restauração em Lisboa e Supervisor Ministerial para aquele país, e pela Irª Silvana Matos, líder da UF em Lisboa e supervisora da União Feminina. Em Grândola, a igreja é pastoreada pelo Missº Éder da Rosa, e sua esposa, Irª Beatriz, lidera a UF; a congregação em Santiago do Cacém é pastoreada pelo Missº Sandro Machado, e as irmãs Anabel e Andreia Machado lideram a UF.

Participaram da viagem as irmãs Gládis Machado, Maria Schimitt Vieira, Eloína Silva, Lucimara de Oliveira, Gislaine Rodrigues, Rebecah Machado e a menina Evelyn Oliveira.

Confira, a seguir, algumas imagens do trabalho realizado naquele país neste período:

About The Author

Equipe de comunicação da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus - Ministério Restauração.

Related posts

X