SAIBA COMO FOI A XI EMEB – ESCOLA DA MULHER ESTUDANTE DA BÍBLIA

SAIBA COMO FOI A XI EMEB – ESCOLA DA MULHER ESTUDANTE DA BÍBLIA

Bonita em toda vida não é só com laço de fita – Segredos para manter a beleza no decorrer dos tempos

Esse foi o tema da XI EMEB (Escola da Mulher Estudante da Bíblia), ocorrido no dia 28 de novembro de 2015 nas dependências do Salão Pompéia, em Porto Alegre/RS, que abrigou aproximadamente 650 mulheres de diversas cidades, a fim de estudarem mais sobre a vontade do Senhor para as suas vidas.

Irmãs na direção das orações preparavam o ambiente e os corações para a aceitação das revelações que estavam por vir.  O estudo foi ministrado pela coordenadora do Pilar de Ensino da União Feminina, Dca Gladis Machado. Com base em versículos bíblicos sobre  o amor e os cuidados com a aparência e interior femininos, o Espírito Santo fluía de revelação em revelação ensinando que devemos conhecer e tirar o melhor proveito de cada estação da vida, seja como solteira ou como casada, como jovem ou idosa, seja no tempo de ensinar como no tempo de aprender.

No tocante aos cuidados com o corpo, alimentação e manutenção da saúde, a irmã mostrou que a Bíblia não condena o cuidado da mulher, enfatizando, porém, que devem ser distinguidos os padrões de beleza mundanos e os padrões de Deus. Salientou, ainda, que há uma beleza que deve ser buscada em todas as etapas: um espírito manso e tranquilo, que é de grande valor para Deus. A obstinada natureza feminina inevitavelmente leva às turbulências de alma, de maneira que a única forma de se atingir o padrão de beleza divino é, primeiramente, o novo nascimento.

A Superintendente da UF, irmã Ana Schimitt, fez um pronunciamento saudando as visitantes e as caravanas de Minas Gerias, Rio de Janeiro, Santa Catarina, interior do RS e, ainda, as missionárias de outros países presentes. Movida pelo Espírito de Deus, encorajou as irmãs na fé sobre a restituição daquilo que o passado errado as fez perder. “Não olhes para o passado, olhe o presente. É vida nova com Jesus, a partir de hoje! Deus vai restituir teu lar feliz, teus filhos… ”. A irmã convidou a darem as mãos para uma fervorosa oração em favor umas das outras.

Em relação ao casamento, o estudo mostrou que as mulheres experimentam praticamente as mesmas coisas em relação a expectativas não atendidas e frustrações diversas. Neste caso, pode surgir ou a mulher amargurada ou a mulher que luta pela construção de um casamento sólido, com o desenvolvimento do fruto do Espírito. Dificuldades são inevitáveis, fazem parte do processo de aprendizado, porém conselhos com mulheres experientes, orações e jejum são o alicerce da mulher que edifica a sua casa. A jovem esposa deve ser ensinada a amar, aprendendo de forma transformadora.

Já àquelas que ainda estão só, por escolha ou por circunstâncias, o estudo da Palavra mostrou que devem saber que é um privilégio servir ao Senhor de forma livre. Muitas se consideram inferiores ou desvalorizadas por não terem arranjado casamento, ou por acharem que casando farão melhor a obra de Deus. Isso é ilusão, porque saber gerenciar o bom andamento da casa e cuidar do marido se torna prioridade para a mulher e não as tarefas da obra de Deus.

No louvor, as irmãs Rosane Silva e Hellen Cristini, além do grupo vocal da UF da Sede, contribuíram para adorar a Deus por todo ensinamento e transformações interiores que Ele começou a operar naquelas que abriram seus corações. O estudo finalizou às 16h30min, quando as irmãs, já com o espírito bem alimentado, foram entregar o seu jejum.

Agradecemos ao Senhor, porque Ele é quem opera em nós o seu querer e o realizar!

About The Author

Equipe de comunicação da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus - Ministério Restauração.

Related posts

X