“POR ESSE AMOR EU MORRO”: SAIBA COMO FOI A XV ESCOLA DA MULHER ESTUDANTE DA BÍBLIA

“POR ESSE AMOR EU MORRO”: SAIBA COMO FOI A XV ESCOLA DA MULHER ESTUDANTE DA BÍBLIA

No sábado do dia 25/11/2017, o Centro de Eventos Pompéia foi palco de mais uma edição da Escola da Mulher Estudante da Bíblia: a XV EMEB. O local acomodou bem a todas as irmãs e crianças, que, inclusive, tiveram um local próprio para desenvolver atividades enquanto as mães recebiam a ministração da Palavra.

A direção do culto esteve a cargo das supervisoras Marlise e Ieda, que, com a cooperação das coordenadoras e demais supervisoras de diversas áreas do estado e do Brasil, dirigiram o tema das orações objetivas feitas com toda a igreja.

Em todos os momentos, a presença de Deus era muito perceptível, inclusive quando foi aberta a oportunidade para as irmãs contribuírem com a obra do Senhor. A supervisora Sandra, da cidade de São Borja, deixou uma mensagem com base em Êxodo 35.1: “É ordenança do Senhor, para repreender o devorador da tua casa”. A palavra da oferta missionária foi ministrada pela Miss. Rosane Silva, baseando-se em Gênesis 13.10-17. “Deus não quer que você decida sua vida financeira. Ele quer decidir por você!”, dizia a irmã. O Espírito de Deus dirigiu que essa oferta fosse entregue à mais nova missionária do Ministério Restauração: irmã Adelaide Silva, que recentemente foi com sua família para o Amazonas, preferindo não ser sustentados pela igreja. Nesse ato de fé, Deus a está honrando.

Os louvores entoados pelo grupo vocal da União Feminina prepararam o ambiente espiritual para a ministração do estudo bíblico, feita pela Superintendente Interina da UF, irmã Gládis Machado. O tema desse encontro – “POR ESSE AMOR EU MORRO” – foi baseado em uma revelação que Deus deu ao coração da irmã Gládis já há três anos, mas que somente agora o Senhor permitiu que fosse compartilhado, pois o momento que a igreja vive é propício. Segundo o que foi ministrado, na linha horizontal não existe nenhum relacionamento mais profundo, mais íntimo, que o de marido e mulher, mas, em linha vertical, há um que o supera e, por esse amor, o amor de Deus, vale a pena ir até mesmo à morte. Por meio de diversos exemplos bíblicos e da ação especial do Espírito Santo, as irmãs foram convencidas de que é tempo de buscar constantemente o aumento desse amor, pois as consequências dessa atitude se refletem positivamente tanto no relacionamento do casal (por exemplo, com uma maior facilidade na submissão ao esposo conforme a Bíblia orienta), quanto em todos os demais relacionamentos da mulher cristã.

Enquanto o Espírito Santo trabalhava confirmando a Palavra, a igreja ia adorando e louvando a Deus, até que houve um lindo momento de profecias voltadas para a igreja a fim de que as irmãs se revestissem de autoridade para combater as investidas do inimigo contra as famílias. Irmãs profetizavam, e o Espírito Santo agia confortando e exortando.

O evento se encerrou debaixo de muita glória de Deus, com as irmãs fortemente edificadas, renovadas e gratas a Deus por fazerem parte desse glorioso exército de guerreiras. O almoço ocorreu às 17h30min e foi servido no Restaurante Piazza, preparado exclusivamente para receber irmãos e irmãs que ficaram todo o dia em jejum.

Enviado pela Assessoria de Comunicação da União Feminina

About The Author

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X