CONSAGRAÇÃO DA UNIÃO FEMININA EM JANEIRO DE 2016

CONSAGRAÇÃO DA UNIÃO FEMININA EM JANEIRO DE 2016

A primeira consagração geral da UF do ano, realizada no dia 30 de janeiro, na Sede Internacional do Ministério Restauração, foi marcada pela ausência de luz e água, devido ao tornado que atingiu a cidade de Porto Alegre no dia anterior. Ainda assim, a presença de Deus e a igreja não faltaram ao seu encontro!

Orações objetivas sobre temas como saúde, família, finanças, salvação e outros inspirados pelo Espírito Santo ao longo do dia foram dirigidas a Deus com a participação de toda a igreja.

O grupo de louvor da União Feminina cantou hinos de louvor a Deus. Mesmo sem microfone ou potentes caixas de som, a alegria em adorar não foi perdida, e Deus certamente recebeu nos céus.

A Dcª Gládis Machado, coordenadora do Pilar de Ensino e representante da Superintendência da UF, orou pelos irmãos atingidos pelo tornado. A igreja também orou pelo Pr. Humberto Schimitt Vieira, que, na ocasião, estava empenhado em escrever a nova revista da Escola Bíblica.

O Coral da Sub-Região Centro-Sul, com sua coordenadora, irmã Laureci Jacobi, também contribuiu com louvores.

A irmã Lucimara, com base em Isaías 55.2 e Gn 41, mostrou que os dízimos e as ofertas são como “depositar nos celeiros celestiais”. O Senhor entende que você está depositando toda a sua confiança nEle, e Ele próprio ordena a bênção para a sua vida.

Uma oferta missionária também foi levantada, dessa vez em prol da Missª. Andréia, de Monte Caseros (AR). Nesse momento, a irmã Nélida Santos testemunhou a fidelidade de Deus demonstrada quando seus dois filhos receberam bolsas de estudos em um colégio particular sem que ela sequer soubesse que eles estavam participando do processo seletivo. Glórias a Deus!

A irmã Rosângela Ourique, coordenadora do Pilar de Oração, fez a leitura de testemunhos de vitória e bênçãos recebidas. Uma oração especial pelos aniversariantes do mês também foi feita diante do altar.

O pregador da tarde, Pr. Paulo Roberto dos Santos, ministrou a palavra de Deus baseado em Êxodo 3.10 em diante, que registra as etapas da vida de Moisés. A primeira fase foi como criança, na água, que representa o choro e a luta pela sobrevivência. A segunda fase foi como homem maduro, instruído na ciência dos homens, confiante no seu poder e na sua justiça, quando na areia matou e enterrou o egípcio. O pregador salientou que a formação de um líder passa por momentos de altos e baixos. Na terceira etapa da sua vida, no deserto, casado, cuidando de ovelhas, Moisés teve um encontro com Deus. Nesse momento, toda sua motivação e ímpetos carnais deram lugar à mansidão e à fé em Deus. Moisés experimentou a total dependência do Senhor e, assim, venceu todas as dificuldades da caminhada de um líder divinamente moldado e aprovado.

Motivadas pelo sentimento de serem trabalhadas por Deus, as irmãs e toda a igreja foram à frente fazendo suas petições espirituais com fé de que o mesmo Deus que moldou Moisés para uma grande obra também é fiel e justo para aperfeiçoar sua obra na igreja até a vinda de Cristo!

About The Author

Equipe de comunicação da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus - Ministério Restauração.

Related posts

X