MINISTÉRIO RESTAURAÇÃO EM AÇÃO NO SISTEMA PRISIONAL

MINISTÉRIO RESTAURAÇÃO EM AÇÃO NO SISTEMA PRISIONAL

Cumprindo o Ide de Jesus, no dia 21 de junho de 2014, quatro jovens do Ministério Restauração de Gravataí/RS deslocaram-se até a Colônia Penal Agrícola (CPA), em Charqueadas/RS, para a realização de um trabalho evangelístico e para visitar o irmão Rafael Fraga, jovem que cumpre pena no local.

Dentro da CPA já existe uma igreja estabelecida, que fica no pátio do complexo. Quando a equipe chegou ao local, já pôde encontrar os irmãos de joelhos dobrados, clamando ao Senhor. Foi instantâneo e inegável sentir a presença do Espírito Santo e desfrutar da comunhão que havia entre os irmãos. Naquele instante, todos eram como apenas um: um corpo, e este de Cristo.

Após o período de oração, iniciou-se o momento do louvor ministrado pelo irmão Eliel Menezes e o auxiliar Josiel Arruda, onde se contemplou que realmente não há alicerces de cárceres que não se movam e portas que não se abram quando verdadeiros adoradores cantam louvores a Deus. Foi extraordinário ver homens que, aos olhos humanos, estão confinados em uma prisão, entretanto, aos olhos espirituais, são pessoas verdadeiramente livres, sem grades, nem correntes ou algemas, rasgando o coração em adoração a Deus. Estes homens, outrora criminosos, conheceram a Verdade e, sendo libertos, nasceram de novo em Cristo Jesus. De bandidos, passaram a filhos de Deus.

Na parte da manhã, o aux. Deivid Maia deixou uma palavra de saudação, encorajando os irmãos a permanecerem firmes com Jesus. Nas orações, Deus manifestava-se derramando graça, misericórdia e amor, envolvendo a todos. Realmente, para Jeová não importa o lugar: onde houver servos Seus, Ele apresenta Sua glória.

Nossos irmãos detentos, além de receberem muito bem a equipe, como verdadeiros cristãos, ainda prepararam uma deliciosa refeição feita com muito amor, dedicação e alegria, transmitindo, com isso, seu carinho e gratidão a Cristo por aqueles que se dispõem a visitá-los.

À tarde, alguns irmãos foram evangelizar no pátio do presídio convidando a todos a participarem do culto que seria realizado. Enquanto isso, na igreja iniciou-se mais um período de oração e louvor. Sem distinções, os louvores e orações subiam como fumaça de incensos à presença do Pai, e o Senhor respondia com Seu poder! Era impossível lembrar que estávamos em uma prisão, pois o ambiente era celestial e a liberdade espiritual era marcante. Foi lindo apreciar o imenso amor de Deus para com nossos irmãos apenados. Certamente, o Senhor não faz acepção de pessoas.

O Dc. André Rodrigues trouxe a mensagem na parte da tarde e, uma vez mais, o Senhor manifestou-se ao Seu povo renovando e avivando cada coração presente. O gozo era completo em Cristo.

Grande e inesquecível momento foi esse! Todos os fiéis de Deus devem buscar a oportunidade de passar por experiências semelhantes nesses locais, afinal, é o dever dos crentes visitar os encarcerados e orar por eles.

Que possamos ter o privilégio de ouvir, da boca do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo: “vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo” (Mateus 25.34), “… estive na prisão e foste ver-me.” (Mateus 25.36b), “em verdade vos digo que, quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizeste” (Mateus 25.40).

Congregação CPA
Congregação CPA
Dc. André, Aux. Deivid, ir. Rafael, Aux. Josiel, ir. Eliel
Dc. André, Aux. Deivid, ir. Rafael, Aux. Josiel, ir. Eliel
Momento de Adoração
Momento de Adoração
Oração
Oração
Aux. Deivid Maia - Saudação
Aux. Deivid Maia – Saudação
Participantes do culto da manhã
Participantes do culto da manhã
Aux. Josiel Arruda - Louvor
Aux. Josiel Arruda – Louvor
 Vista do culto da tarde
Vista do culto da tarde
Agradecendo o alimento
Agradecendo o alimento
Parte dos irmãos da CPA
Parte dos irmãos da CPA

About The Author

Equipe de comunicação da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus - Ministério Restauração.

Related posts

X