MAIS UM DIA DE CAPACITAÇÃO GERAL DO CAFÉ CONVÍVIO EM TRÊS COROAS/RS

MAIS UM DIA DE CAPACITAÇÃO GERAL DO CAFÉ CONVÍVIO EM TRÊS COROAS/RS

No dia 23 de abril, ocorreu mais um dia de capacitação geral do Café Convívio no Desafio Jovem de Três Coroas/RS. O evento teve como objetivos treinar novos cooperadores para exercerem suas funções junto ao trabalho, buscar a presença de Deus e esclarecer dúvidas pertinentes a este projeto.

Na ocasião, estiveram presentes cooperadores dos Cafés Convívios de Taquara, Parobé, São Leopoldo, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Cachoeirinha, entre outros.

Durante as ministrações, foram tratados temas relacionados à vida dos cooperadores, ao atendimento ao dependente químico e seus familiares e às peculiaridades do desenvolvimento deste projeto.

O Assistente Social e Diretor Interno Luís Augusto Bart ministrou sobre o perfil espiritual e ético dos cooperadores, lembrando o que escreveu o Apóstolo Paulo à Igreja de Corinto em sua primeira carta: que, como corpo de Cristo, cada um tem suas funções e todos receberam algum dom da parte de Deus. Ou seja, todos têm importância no desenvolvimento de seu ministério para Deus e com Deus (1 Co 12.4-5). Além disso, também foi enfatizada a importância de se ter convicções espirituais fundamentadas em Deus e na Sua poderosa Palavra.

O Psicólogo Rodrigo Vasconcelos expôs o tema “Aspectos Sociais da Dependência Química”, trazendo uma aula de sociologia sobre as gerações e seus comportamentos, o que auxiliou para que os cooperadores conheçam melhor, em aspectos gerais, o perfil da sociedade atual.

A última palestra do dia foi ministrada pelo Assistente Social e Supervisor do Café Convívio no Ministério Restauração Rodrigo Sica, que falou sobre o tema “A Família como Parceira do Processo Terapêutico”. Além de apresentar conceitos filosóficos e heréticos sobre o assunto, o palestrante também mostrou aspectos importantes das famílias no panorama bíblico, revelando que postura as famílias hoje precisam ter para obterem uma vida vitoriosa em Deus. O palestrante ainda lembrou que o trabalho do Café Convívio é uma grande estratégia de evangelização, sendo necessário que cada cooperador tenha a revelação e a convicção da chamada para este trabalho, já que esta é uma guerra a ser vencida no mundo espiritual (Ef 6.10-12).

“O que nos levará ao êxito ministerial na libertação e evangelização de droga-dependentes e seus familiares não são as estratégias humanas, mas, sim, o revestimento da armadura celestial e a busca de uma unção do alto para arrancar das mãos do inimigo vidas perdidas no tráfico de drogas, na prostituição, etc. Temos a missão e a oportunidade de ganhar muitas famílias no Café Convívio e estas serem restauradas pela Palavra de Deus, como já tem ocorrido com dezenas de pessoas que chegaram até o trabalho com a vida destruída, mas, gradativamente, foram sendo transformadas por Deus e hoje vivem uma vida familiar abençoada por Deus”, afirmou o irmão Rodrigo, que finalizou sua participação trazendo uma reflexão bíblica com base em Gênesis 19:12-18, onde está relatada a história da destruição de Sodoma e Gomorra e a postura de Ló diante do conflito que se instalou em sua família durante e após os anjos do Senhor arrancarem seus membros para fora da cidade que era alvo do juízo divino devido à sua devassidão moral.

Durante a oração final, todos sentiram a glória de Deus e muitos receberam novas forças, derramando suas lágrimas na presença de Deus! Glorificamos ao Senhor por mais esta preciosa oportunidade de capacitação para Sua obra que Ele concedeu ao Café Convívio do Ministério Restauração.

 

About The Author

Equipe de comunicação da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus - Ministério Restauração.

Related posts

X