CAPACITAÇÃO GERAL PARA COOPERADORES DO CAFÉ CONVÍVIO: “VALE A PENA SE DEIXAR GASTAR EM FAVOR DAS ALMAS”

CAPACITAÇÃO GERAL PARA COOPERADORES DO CAFÉ CONVÍVIO: “VALE A PENA SE DEIXAR GASTAR EM FAVOR DAS ALMAS”

O sábado do dia 05 de maio de 2018 foi marcante para as equipes do Café Convívio, pois foi quando ocorreu mais uma Capacitação Geral para Líderes e Cooperadores na cidade de Três Coroas/RS.

Realizado na ala masculina do Desafio Jovem de Três Coroas, o evento contou com mais de 150 cooperadores dos Cafés Convívios de Taquara, Parobé, Porto Alegre, Cachoeirinha, Gravataí, Caxias do Sul, entre outros.

Pela manhã, o psicólogo Rodrigo Vasconcelos expôs o tema “Comorbidades”, falando sobre as doenças associadas à dependência química, auxiliando os cooperadores a entender, identificar e tratar cada caso no atendimento do Café Convívio.

Logo após, o irmão Milton, Diretor Geral da Instituição, pregou a Palavra de Deus baseado em Marcos 10.46-52, enfatizando que Bartimeu, mesmo cego, não desistiu de receber a bênção que Jesus tinha para ele. E isso garantiu sua vitória. A glória de Deus dominou o ambiente!

Após um abençoado almoço, todos foram conhecer o “Tambo de Leite da Agroindústria”, inaugurado em 06 de abril 2018, devidamente legalizado e registrado conforme as normas da Prefeitura Municipal e Emater/RS.

A nova agroindústria produz, em média, 400 litros de leite por dia, utilizando um sistema completamente automatizado. Desde que foi inaugurada, tem servido de grande bênção para os irmãos do Desafio Jovem, pois muito mais leite e seus derivados estão sendo produzidos, beneficiando tanto o consumo interno quanto o levantamento de recursos par a Instituição.

Ao retomar a parte de estudos, o irmão Márcio Araújo, especialista em Dependência Química, falou sobre três temas: “Os sete diagnósticos da síndrome de dependência”, “Cooperando para transformar vidas” e “Os três passos para levar uma pessoa a uma mudança”. Cada ministração trouxe informações novas e importantes que irão ajudar os cooperadores a atenderem e entenderem melhor os drogadependentes que buscam ajuda nos Cafés Convívios.

O dia foi muito gratificante! Todos saíram do local convictos da importância do trabalho que efetuam no Café Convívio e, principalmente, sabendo que jamais se pode desistir de uma alma, pois são como pérolas valiosas por quem vale a pena, como fazia o apóstolo Paulo, se deixar gastar: “Eu de muita boa vontade gastarei, e me deixarei gastar pelas vossas almas…” (2 Co 12.15).

About The Author

Related posts

X