BATISMO EM ÁGUAS NO PRESÍDIO CENTRAL DE PORTO ALEGRE/RS

BATISMO EM ÁGUAS NO PRESÍDIO CENTRAL DE PORTO ALEGRE/RS

E houve alegria nos céus!!!

Estamos vivendo um momento delicado no sistema carcerário de nosso país: rebeliões, facções, mortes… Em meio a tudo isso, porém, Deus está se movendo para salvar vidas. No dia 23 de novembro de 2016, ocorreram mais 13 “mortes” no Presídio Central de Porto Alegre/RS: 13 detentos que decidiram “morrer” para o mundo anunciaram publicamente sua fé em Jesus por meio do batismo em águas. Aleluia!

Pela misericórdia do Senhor Jesus, era dia de visita nesta instituição, e desde cedo foi realizada uma programação em que Seu nome foi glorificado.

Na parte da manhã, como ocorre todas as quartas-feiras, foi feito o estudo sistemático da revista “Poder e Autoridade”, ministrado pelo Pb. André Rodrigues, de Gravataí/RS. “O motivo de todos estarem aqui é a desobediência às leis… Por isso, a ministração destas lições é prioritária, é quando os novos irmãos caem na realidade e percebem que precisam obedecer.”

Já pela tarde, o Pr. Sérgio Miguel Cortez, responsável pelo trabalho de Capelania Prisional do Ministério Restauração, deu início ao culto de batismo em águas. O Pr. Mauro Padilha, coordenador dos trabalhos da IPAD Ministério Restauração junto ao Presídio Central, e o Ten. Becker, cooperador do Projeto Restaurando Vidas, estavam presentes e deixaram uma palavra de saudação a todos.

Apenados, alguns familiares – esposas e pais – e obreiros glorificavam a Deus por ver vidas transformadas. Os irmãos louvavam ao Senhor enquanto Sua glória enchia aquele lugar durante o batismo, que foi oficiado pelo Pb. André Rodrigues.

Na ocasião, também foi entregue o certificado do Curso Ética Ministerial aos obreiros do local que concluíram o curso.

O Pr. Márcio Bonalume ministrou a poderosa Palavra de Deus. Todos foram impactados com a mensagem e tocados pelo poder do Espírito Santo.

A alegria do responsável local pela igreja, Gelson Vargas Rodrigues, em receber novos companheiros para a obra foi grande, junto aos demais cooperadores e auxiliares – Luiz Henrique Abadi, Leonardo Elias, Dilamar Almeida, Marcos Martins.

“Agradecemos a Deus, primeiramente, e a todos que, de alguma forma, direta ou indiretamente, contribuem para este trabalho. Que o amor de Deus aumente em nossas vidas, lembrando-nos dos irmãos que estão no sistema prisional, presos pelas grades, mas livres em Jesus para a vida eterna!”, salientou um dos irmãos que faz parte da equipe de trabalho da igreja em presídios.

About The Author

Related posts

1 Comment

Comments are closed.

X