QUEM NÃO PERDOA SE COMPLICA
QUEM NÃO PERDOA SE COMPLICA

QUEM NÃO PERDOA SE COMPLICA

“Se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará” (Mateus 6.14)

Jesus ensinou que Deus perdoa as nossas dívidas “assim como nós perdoamos a quem nos deve”.

Logo, quando não perdoamos, Deus também não nos perdoa. E como seremos abençoados se estivermos de “pratos quebrados” com Deus?

Então, para termos uma oração poderosa, devemos aprender a perdoar.

Por que é difícil perdoar? Há duas razões principais.

Primeiro, porque há um senso de justiça “olho por olho e dente por dente” que exige a vingança do mal que é feito.

Segundo, porque as pessoas geralmente são orgulhosas, e não se dão conta que fazem para os outros o mesmo que reclamam que os outros fazem contra elas.

Porém, quando aprendemos a orar sobre o mal que nos fizeram e a descansar na justiça de Deus, o desejo de vingança que nos machucava é substituído pela paz do perdão.

Por fim, ao trocarmos o orgulho pela humildade, reconhecemos nossas falhas e, assim como precisamos ser perdoados, também vamos perdoar.

O que você prefere? Ser escravo do rancor, ou viver livre, perdoando e sendo perdoado?

Vamos lá, comece a perdoar e, se ainda não consegue, fale isso para Deus e peça-lhe humildade e um sentimento de perdão.

About The Author

Pr. Humberto Schimitt Vieira

Presidente da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus Ministério Restauração, no Brasil, e do “Restoration Ministries”, nos Estados Unidos da América. Bacharel em Teologia, é conferencista, editor, professor de Missiologia e autor de diversos livros

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X