PAIS DE FILHO FAMOSO QUASE SE SEPARAM  (I)
PAIS DE FILHO FAMOSO QUASE SE SEPARAM  (I)

PAIS DE FILHO FAMOSO QUASE SE SEPARAM (I)

“Porque desde a antiguidade não se ouviu, … nem com os olhos se viu Deus além de ti, que trabalha para aquele que nele espera” (Is 64.4)

Um operário, numa vila muito pobre, se enamorou de uma jovem da vizinhança. Ao noivarem, marcaram o casamento e, perto do dia aprazado, o mundo caiu sobre a cabeça do rapaz. Sua noiva confessou-lhe que estava grávida, e o filho, com certeza, não era dele, pois nunca haviam mantido relação sexual. O pai da moça, Sr. Eli, garantiu-lhe que ela jamais andara com outro moço. A moça lhe contou uma história fantasiosa, mas ele não pôde crer. Quando o moço gritou que estavam mentindo, ela, tranquila,  disse: “eu vou orar, e tu saberás que meu coração é sincero”. Talvez tenha pensado: “o Senhor converterá o teu coração ao meu coração, e crerás no que eu creio”.

Pela lei do país onde viviam, ele deveria denunciar a moça, que seria, então, apedrejada. Mas ele a amava… O coração parecia explodir, faltava-lhe a respiração, os pensamentos rodopiavam em sua mente. Fechava os olhos e via o rostinho de sua amada sangrando pelas pedradas… “Meu Deus, não, não, não…”, pensava ele.

Por fim, encontrou a solução. “Fugirei para bem longe daqui, porão a culpa em mim e a moça não será apedrejada”. (Continua amanhã)

About The Author

Pr. Humberto Schimitt Vieira

Presidente da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus Ministério Restauração, no Brasil, e do “Restoration Ministries”, nos Estados Unidos da América. Bacharel em Teologia, é conferencista, editor, professor de Missiologia e autor de diversos livros

Related posts

X