NO CÉU NÃO TEM PISTOLÃO
NO CÉU NÃO TEM PISTOLÃO

NO CÉU NÃO TEM PISTOLÃO

Disse Jesus: “se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.” João 14.14

Quando querem obter algum benefício, quer no serviço público, quer na iniciativa privada, as pessoas gostam de ter alguém influente para lhes ajudar nas suas causas: é o “pistolão”.

Pois a “cultura do pistolão” invadiu a esfera do cristianismo e criou os “pistolões do céu”. Na Argentina, por exemplo, até um falecido ladrão chamado “gauchito Gil” é tido como um bom pistolão para se obter favores junto a Deus.

Santo, santa ou ladrão: no céu não tem pistolão.

Jesus disse sobre si próprio “eu sou o caminho a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai a não ser por mim” (Jo 14.6).

Para não deixar dúvida, a Bíblia afirma: “Há UM SÓ Mediador entre Deus e os homens: Cristo Jesus, homem” (1 Tm 2.5).

Por isso, Jesus ensinou: “se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei” (Jo 14.14). É no nome de Jesus que as orações devem ser feitas. O único nome que tem influência no céu é o maravilhoso nome de Jesus.

Receba-o como Senhor e Salvador. Entregue sua vontade e futuro para ele e receba a procuração para chegar no gabinete de Deus em nome de Jesus. Jesus é mais do que um pistolão: ele é o próprio Deus.

About The Author

Pr. Humberto Schimitt Vieira

Presidente da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus Ministério Restauração, no Brasil, e do “Restoration Ministries”, nos Estados Unidos da América. Bacharel em Teologia, é conferencista, editor, professor de Missiologia e autor de diversos livros

Related posts

X