MAS BAH, EU OREI E O MILAGRE ACONTECEU!
MAS BAH, EU OREI E O MILAGRE ACONTECEU!

MAS BAH, EU OREI E O MILAGRE ACONTECEU!

“Jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão.” (Salmo 37.25)

Concluímos, hoje, a série sobre o modelo de oração “Pai nosso”.

Vamos a um resumo.

“Pai nosso”- temos que ser filhos de Deus (e não só criaturas), recebendo Jesus como Salvador e Senhor (Jo 1.12).

“que estás nos céus” – oramos ao Deus dos céus, e não a um deus feito pela mente humana.

“santificado seja o teu nome” – a oração começa com adoração a Deus.

“venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu” – a vontade de Deus é boa, agradável e perfeita. Se a quisermos, deveremos abrir mão da nossa vontade em favor da Sua vontade, contida na Bíblia.

“o pão nosso de cada dia dá-nos hoje” – oremos a cada dia, e então teremos uma vida de milagres diários.

“perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós temos perdoado aos nossos devedores”-  para estarmos bem com Deus, obtendo o seu perdão, temos que pedir um espírito de perdão para perdoar os que falham conosco.

“não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal”-  temos pontos-fracos que nos induzem à tentação, mas não podemos aceitá-los e sim combater esse mal em oração.

“pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre” – a adoração a Deus demonstra nossa gratidão por tudo o que Ele faz e aumenta a nossa fé.

Quem ora de acordo com esse modelo acaba dizendo: “bah, eu orei e o milagre aconteceu!”

About The Author

Pr. Humberto Schimitt Vieira

Presidente da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus Ministério Restauração, no Brasil, e do “Restoration Ministries”, nos Estados Unidos da América. Bacharel em Teologia, é conferencista, editor, professor de Missiologia e autor de diversos livros

Related posts

X