E AS PROMESSAS? – Uma palavra para o seu 2018
E AS PROMESSAS? – Uma palavra para o seu 2018

E AS PROMESSAS? – Uma palavra para o seu 2018

Fim de ano!

É hora de contabilizar o cumprimento das promessas: aquelas que fizemos para nós mesmos, as que fizemos para os outros e, ainda, as que os outros fizeram para nós.

Porém, gostaria de lembrar das promessas que Deus tem nos feito, das vezes em que Ele, de alguma forma, nos revelou algum aspecto de Sua vontade.

Ao contabilizar tais promessas divinas, o crente pode ficar decepcionado por não vê-las cumpridas. E, então, achar algum culpado para que o prometido por Deus não tenha se concretizado.

Quem seria o culpado? O pastor? A esposa? O marido? Os filhos? O líder do departamento? O chefe na empresa onde trabalha?

Essa busca pelo culpado vem desde o Éden, onde Adão culpava Eva e esta culpava a serpente.

Porém, a Palavra de Deus resolve o problema em Hebreus 10:36: “Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa.”

Deus está nos ensinando, aqui, que alcançar a promessa de Deus depende de um requisito: fazer a Sua vontade.

Ocorre que, para estar na vontade divina, temos necessidade daquilo que o tradutor da Bíblia traduziu para “perseverança “, do grego “hupomone”, que significa a “característica da pessoa que não se desvia de seu propósito e de sua lealdade; a fé e piedade mesmo diante das maiores provações e sofrimentos”.

Entendo que o tradutor da Bíblia inglesa (NKJV) foi mais feliz ao usar a palavra “endurance”, que significa “resistência”.

É disso que precisamos para nos manter na vontade de Deus.

A resistência é a principal qualidade buscada em um soldado. A vitória não é do forte, mas do resistente.

Satanás sabe que não pode cancelar a promessa de Deus para a sua vida, pois Deus permanece fiel ainda que sejamos infiéis (2 Tm 2.13).

A única maneira que o inimigo tem para nos impedir de alcançar a promessa de Deus é nos afastar do lugar onde a promessa de Deus está nos esperando; é nos afastar de uma vida de oração, jejum, santificação e obediência à Palavra de Deus.

Por isso, o escritor aos Hebreus exorta: tendes necessidade de resistência, de “endurance”.

Talvez, em 2017, você não tenha alcançado as promessas de Deus. Não culpe ninguém.

Simplesmente peça que Deus te dê resistência, essa característica que leva o soldado de Cristo a superar qualquer obstáculo que lhe impeça de buscar e permanecer na vontade de Deus que lhe foi revelada.

Resistência!! A resistência deve ser tua. A força e a capacidade virão de Deus.

Ter resistência para esmurrar tua própria vontade, dia após dia: que seja teu pedido nessa virada de ano. E, no final de 2018, poderá contabilizar promessas de Deus se cumprindo na sua vida.

Foto: Unsplash

About The Author

Pr. Humberto Schimitt Vieira

Presidente da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus Ministério Restauração, no Brasil, e do “Restoration Ministries”, nos Estados Unidos da América. Bacharel em Teologia, é conferencista, editor, professor de Missiologia e autor de diversos livros

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X