COMO SALVAR UM AMOR

COMO SALVAR UM AMOR

“No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo”. 1 João 4.18

Às vezes, problemas ou simplesmente o estresse produzem crise no casamento. Nesse momento, pode surgir a ameaça de uma terceira pessoa que, muitas vezes, é apenas fruto da imaginação enferma pelo ciúme.

Geralmente, quem pensa que seu amor está sendo cobiçado perde a cabeça. Em vez de cercar seu cônjuge com a proteção do amor, passa ao ataque, achando que brigas ou uma vigilância “policial” podem salvar um casamento. O ciúme e as acusações geradas pela desconfiança aprofundam a crise. O ciumento, então, afugenta seu amor.

No livro de Oséias 2.6,7, a Bíblia ensina uma arma para essa hora: a “oração da cerca de espinhos”. O profeta Oséias casou com uma prostituta que, lá pelas tantas, teve uma recaída. Deus então disse a Oséias que Ele poderia cercar sua esposa com cerca de espinhos para que, ainda que ela sofresse a tentação de abandoná-lo, se sentisse impedida e então dissesse “irei e tornarei para o meu primeiro marido, porque melhor me ia então do que agora”.

Se pensas que teu amor está sendo caçado, não o perca tentando agarrá-lo à força. O amor e a oração são os melhores remédios. Já oramos por centenas de casais e podemos ajudar a ti também nessa luta.

About The Author

Pr. Humberto Schimitt Vieira

Presidente da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus Ministério Restauração, no Brasil, e do “Restoration Ministries”, nos Estados Unidos da América. Bacharel em Teologia, é conferencista, editor, professor de Missiologia e autor de diversos livros

Related posts

X