O MINISTÉRIO DA ORAÇÃO

O ministério, o ofício, o trabalho da oração na igreja não é uma atividade optativa.  Não é algo que alguns devem exercer e outros não.

O ministério de oração não é um dom (aptidão para fazer alguma coisa), que alguns possuem e outros não.

Veja: não é pelo fato de o cidadão brasileiro possuir vocação para a carreira militar que ele presta seu serviço militar obrigatório. Muitos rapazes não possuem a menor inclinação para o quartel e, por contrariar sua natureza, vão chorando para a caserna. Isso ocorre exatamente porque o serviço militar não é um dom que haja nato no cidadão brasileiro. Ao contrário, é um dever que lhe é imposto pela nação. Quem for convocado e não entra nesse caminho não desfrutará da liberdade e direito de cidadão da pátria.

Assim ocorre também com a oração. Muitos possuem uma natureza meditativa e encontram mais facilidade para orar. Porém, os que não possuem essa facilidade precisam contrariar a sua natureza e criar uma disciplina de oração, porque a oração não é um dom, mas um dever que Deus impõe a todos os crentes (Lc 18.1). Ou seja, todos são convocados a esse serviço no Reino de Deus.

Quando Deus falou sobre a oração, o verbo foi empregado na forma imperativa, mostrando com isto que ela não é uma opção, mas um dever (Lc 11.9; Lc 21.36; Rm 12.12; Cl 4.2; 1Ts 5.17).

Para se alcançar vitória na oração, é preciso:

– Reconhecer seus pecados: é preciso apresentar-se a Deus como um pecador, reconhecendo seus pecados (Lc 18.13-14).

– Confiar no sangue de Jesus: é necessário, pela fé, aplicar o sangue de Jesus ao seu coração, para perdão de pecados (Ap 1.5; 1 Jo 1.7).

– Usar o poderoso nome de Jesus: quando Satanás foi expulso do céu, levando após si um terço dos anjos (Ap 12.4), foi lançado para a terra e instalou seu quartel general na atmosfera terrestre (Ef 6.12). Quando Jesus ressuscitou e subiu ao céu, Deus lhe deu um lugar à sua direita, e acima de todo o poderio de Satanás instalado na atmosfera, e também lhe deu um nome superior a todos os nomes existentes. Também lhe deu poderes superiores a todos os demais poderes (Ef 1.20-22).

Deus, ao dar a Jesus todo esse poder, lembrou-se também da igreja, e a tornou participante dessa glória (Ef 2.6). É como se um homem, tendo um elevado depósito bancário, decidisse dar à sua esposa o direito de usar esses bens, abrindo, para isso, uma conta em conjunto e dando-lhe um cartão de crédito a fim de colocá-la em igualdade com ele no uso daqueles bens.

Jesus deu à sua igreja o direito de usar o Seu nome para repreender e expulsar toda a força de Satanás, que sempre procura afligi-la. Para alcançar vitória na oração, a igreja precisa usar, enquanto ora, o nome de Jesus (Mc 16.17). Essa oração, porém, não deve ser feita de um modo frio, indiferente, mas deve ser uma oração de luta, uma oração de combate, uma oração de quem recebe o que busca ou morre lutando (Lc 18.5).

– Ser cheio do Espírito Santo: o Espírito Santo nos ajuda a alcançar vitória na oração  – “Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis” (Rm 8.26).

– Ter um espírito de perdão: a falta de um espírito de perdão faz com que os pecados da pessoa sejam retidos (Mt 6.14-15). E a presença do pecado impede a resposta à oração – “Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça” (Is 59.2).

– Oração em grupo: quando pelo menos duas pessoas se reúnem em unidade de espírito para orar, essa oração não só move o céu como faz que o inferno estremeça (Mt 18.18-19).

Lembre-se também que, quando a pessoa ora, nem sempre a resposta será imediata (Lc 18.7), mas Deus começa a trabalhar imediatamente em seu favor: “Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu Deus além de ti, que trabalha para aquele que nele espera” (Is 64.4).

About The Author

Irª Maria Schimitt Vieira

Membro da Sede Internacional da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus Ministério Restauração.

Related posts

X