JUVENTUDE DA SUB-REGIÃO CENTRO-SUL REALIZA SEU PRIMEIRO CULTO REGIONAL DO ANO

JUVENTUDE DA SUB-REGIÃO CENTRO-SUL REALIZA SEU PRIMEIRO CULTO REGIONAL DO ANO

No dia 6 de janeiro, a juventude da Sub-Região Centro-Sul realizou seu primeiro culto regional do ano de 2018, após uma abençoada consagração ocorrida durante o mesmo dia na Sede de Área Vila dos Comerciários.

O evento ocorreu durante o primeiro retiro de obreiros e moços da Sub-Região Centro-Sul no ano de 2018. O supervisor da Sub-Região, Pr. João Carlos Jacobi, estava presente.

O culto iniciou-se às 19h, com louvores entoados pelo vocal da Região. Esteve na direção do culto o irmão Herlon Daniel – segundo supervisor de jovens da Sub-Região.

A irmã Gerusa (da Sede de Área Santa Tereza) recebeu a oportunidade de cantar um hino da harpa. Após, o evangelista Sudário (da sede de Área Glória) fez algumas orações objetivas e, em seguida, o presbítero Marcos (encarregado da Área Curupaiti) recebeu a oportunidade de ler a palavra introdutória, 1 Timóteo 4.12, enfatizando que “o jovem deve ser um padrão para os fiéis. Sendo, assim, sábios em perdão, no porte, no amor, e em tantas outras coisas…”

A seguir, o irmão Paulo (líder de jovens da sede de Área Santa Tereza) fez uma oração por jovens que não conhecem os caminhos do Senhor e por todos que, por algum motivo, ou circunstância contrária, estão desviados.

No decorrer do culto, a irmã Victória Paz (da sede de área Vila dos comerciários) recebeu a oportunidade de louvar a Deus. Todos presenciaram o grande agir de Deus naquele ambiente. Havia pessoas – homens e mulheres, crianças e jovens – chorando, adorando a Jesus e se renovando em Sua presença.

O culto seguiu com louvores e orações. O Pb. Roque, Supervisor de Jovens da Sub-Região, após realizar apresentação dos pastores e Áreas que estavam presentes, entregou a palavra para o jovem Iago Pereira (da sede de Área Vila Gaúcha), que transmitiu a mensagem de Deus tomando como referência o texto bíblico registrado em 1 Samuel 3. O pregador mostrou por meio do exemplo de Eli e Samuel, que “não adianta se ter uma vida para Deus, se não tiver uma vida com Deus”. É necessário ter fidelidade. Samuel poderia estar em tantos lugares, por ser levita. Porém, estava no templo, junto à Arca da Aliança, que simbolizava a presença do Senhor. “Deus quer que tomemos uma posição, pois é momento de sermos fiéis. E essa fidelidade não é provada na igreja, mas, sim, em lugares onde estamos longe dos irmãos, dos obreiros, do pastor. Em lugares onde estamos somente nós e Deus” – enfatizou

No convite, diversas pessoas foram para a frente do altar receber a oração final. E, novamente, o Senhor agiu e o poder de Deus desceu sobre aquele ambiente. Muitos jovens foram fortalecidos e renovados, tendo experiências com Deus no mundo espiritual. Além disso, houve ainda uma alma que aceitou se render aos pés do Senhor Jesus!

Glórias a Deus!

About The Author

Related posts

X