ENTREVISTA: SUPERINTENDENTE DA JUVENTUDE RESTAURAÇÃO FALA SOBRE O RETIRO GERAL 2018

No próximo final de semana, dias 10 e 11 de fevereiro, mais de 1800 jovens estarão reunidos em Caxias do Sul/RS, nos Pavilhões da Festa da Uva, para o grande Retiro Geral 2018. A juventude já está em contagem regressiva. E a cada dia que passa, cresce nos corações a convicção de que, como diz o tema do evento, o “Senhor fará maravilhas”!

A seguir, confira parte de uma entrevista com o Superintendente da Juventude do Ministério Restauração, Ev. Rodrigo Tavares, sobre este importante evento:

 

Assessoria de Comunicação do Ministério Restauração – O Retiro Geral deste ano será realizado fora de Porto Alegre. Como essa novidade foi recebida pelos jovens?

Ev. Rodrigo Tavares – Com o crescimento do retiro, ficou difícil mantê-lo no mesmo lugar. Mas essa novidade de levar o evento para Caxias do Sul, em um ambiente maior e até com condições mais favoráveis, deixou nossa juventude muito contente, até porque a grande massa do nosso público é de Porto Alegre e eles ficaram muito alegres de poder sair um pouco, viajar, estar em outro ambiente, em outro lugar. Então, foi muito boa a receptividade.

Assessoria de Comunicação – Qual é o maior desafio na organização de um evento grande como este e com uma estrutura totalmente nova e diferente?

Ev. Rodrigo Tavares – O maior desafio que nós temos para este evento é a questão financeira. Este é o grande desafio para nós neste ano. No Centro Humanístico Vida, o nosso grande desafio era tornar o local habitável. Nós agradecemos muito ao Diretor do Centro Vida, que nos disponibilizava a estrutura e nos ajudava bastante, mas era um prédio abandonado pelo Estado há décadas. Então, era uma situação muito difícil, muito precária, e tínhamos o desafio de torná-lo habitável para 2000 jovens durante três dias. Este ano o lugar é bom, é adaptado, mas, pelas regras do próprio local, tudo o que se agrega lá tem que ser pago. Assim, o trabalho braçal que fazíamos nos outros anos foi muito reduzido. Não precisamos ir lá limpar, adaptar, ajeitar… Mas o nosso serviço é mais organizacional e burocrático, o que também exige bastante da gente. E o grande desafio é pagar, porque tudo que tem que se fazer envolve muito dinheiro. Mas, graças a Deus, está tudo sob controle.

Assessoria de Comunicação – Como ocorreu a escolha do tema deste ano?

Ev. Rodrigo Tavares – A escolha do tema do evento se deu pela grande necessidade que vemos nesses dias de jovens na presença de Deus. Não vemos outra maneira de um jovem se manter na presença de Deus, a não ser vivendo em santificação. A Palavra de Deus, por meio do salmista, fala “como pode o jovem manter puro o seu caminho?” E a Bíblia mesmo responde, dizendo “observando segundo a tua Palavra”. E observar um caminho segundo a Palavra de Deus é viver um caminho de renúncia, de santificação, de separação para Deus. Assim, visando essa grande necessidade que a juventude tem de se manter pura neste mundo é que o tema foi gerado por Deus nos nossos corações.

Assessoria de Comunicação – Jovens que ainda não se inscreveram ainda têm chance de participar? Há vagas?

Ev. Rodrigo Tavares – Se algum jovem ainda deseja participar, sim, há vagas. Porém, ele deve levar seu colchão. Só ressaltamos que as camisetas já estão prontas. Então, pode acontecer de, em virtude da grande demanda, alguém chegar lá na última hora, pagar o retiro e não ter a camiseta adequada ao seu tamanho. Nesse caso, a pessoa terá as seguintes opções: levar uma maior ou levar qualquer outra camiseta da juventude ou, ainda, aguardar de 10 a 15 dias após o retiro para receber a camiseta do retiro do seu tamanho. Com essa explicação já informamos também que é possível alguém se inscrever pessoalmente no próprio sábado do retiro, levando seu colchãozinho para dormir. A única ressalva é essa, referente às camisetas.

Assessoria de Comunicação – Há alguma recomendação que o senhor gostaria de deixar aos jovens ou aos pais de jovens que irão participar do retiro?

Ev. Rodrigo Tavares – A recomendação aos jovens é que venham dispostos a viver uma experiência com Deus. O nosso retiro não tem outra finalidade a não ser essa. O nosso retiro não tem a finalidade de ser um atrativo de descanso, um atrativo de férias, um atrativo como parques, gincanas… Não. Em absoluto. Não estou dizendo que sou contra algumas coisas que mencionei, mas que nosso evento tem um foco espiritual para a vida dos jovens.  Os jovens podem viajar com os pais, ter atividades de lazer com eles, com amigos, parentes, mas isso é à parte. O nosso objetivo é um evento que aproxime os jovens de Deus. Então, a maior recomendação aos jovens é esta: venham com esse objetivo. E, aos pais, a nossa maior recomendação é bem simples: que não criem uma geração de jovens acomodados, retardados, ignorantes em relação àquilo que Deus tem para a vida deles. Há muitos pais que estão retardando o amadurecimento e uma vida de responsabilidade dos filhos. Isso é um problema muito grande. Nos afeta na igreja? Sim, mas é um problema muito maior para a vida do jovem na igreja, bem como para a sociedade toda.  Então, esta é a grande recomendação que deixamos para os pais: que eles nos ajudem a construir uma vida de vitória, sem frescura, que não se abalem com qualquer coisa, que não seja qualquer luta, qualquer revés, que os derrube, mas que ele tenha convicção de que, mesmo diante das lutas, Deus estará com eles, levando-os a uma vida de conquista e vitória!

Para saber mais informações sobre o Retiro Geral 2018, ligue para (51)98404-1646 ou escreva para retirogeral2018@gmail.com.

About The Author

Equipe de comunicação da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus - Ministério Restauração.

Related posts

X